Project Details


Name Ácaros edáficos: diversidade, relação com a microbiota e ecologia em áreas naturais e cultivadas no Brasil, com elaboração de bases de dados e chaves para identificação de grupos selecionados   FAPESP Project
Website http://www.lea.esalq.usp.br/fapesp-biota
Validity Date 01/03/2018 - 28/02/2023
Team Prof. Dr. Gilberto José de Moraes - ESALQ/USP Prof. Dr. Raphael de Campos Castilho - UNESP Jaboticabal Prof. Dr. Fernando Luis Consôli - ESALQ/USP Prof. Dr. Alberto Soares Corrêa - ESALQ/USP Prof. Dr. Antonio Carlos Lofego - UNESP São José do Rio Preto Profa. Dra. Tatiane Marie Martins Gomes de Castro - UERR Prof. Dr. Edmilson Santos Silva - UFAL Prof. Dr. Noeli Juarez Ferla - UNIVATES Dra. Leticia Henrique de Azevedo - UNESP Jaboticabal Dra. Bruna Lais Merlin Alice Freitas Braga - ESALQ/USP Vinicius Borges da Silva - ESALQ/USP Lina Marcela Gonzalez Cano - ESALQ/USP Mariana Yamada - ESALQ/USP Rosely Souza Pereira - ESALQ/USP Tais Cabrera - ESALQ/USP Emiliano Brandão de Azevedo - UNESP Jaboticabal Flavia Fagundes de Paula - UNESP Jaboticabal Ávyla Régia de Albuquerque Barros - UNESP Jaboticabal Matheus Cardoso de Castro - UNESP Jaboticabal Eliamara Marques - UNESP Jaboticabal Leticia Caroline Penteado Innocente - UNESP Jaboticabal Daiana Jeronimo Polli - UNESP Jaboticabal Tairis Costa - UNIVATES
Participating Institutions ESALQ/USP UNESP Jaboticabal UNESP São José do Rio Preto UFAL UERR UNIVATES
Biome Floresta Amazônica Floresta Atlântica Caatinga Cerrado Pampa Pantanal
Abstract O conhecimento da acarofauna edáfica nos biomas brasileiros é incipiente. Estudos desta natureza não têm sido conduzidos em nosso território, especialmente no que se refere aos ácaros que ocorrem em áreas de interesse agrícola, como plantações de soja, milho e cana-de-açúcar. Um dos grupos mais comuns de ácaros edáficos são os Mesostigmata, conhecidos pelo potencial como agentes de controle biológico de organismos prejudiciais à agricultura. Objetiva-se com esse estudo determinar os grupos de Mesostigmata encontrados em áreas naturais e cultivadas de cada bioma brasileiro (Florestas Amazônica e Atlântica, Caatinga, Cerrado, Pampa e Pantanal), incluindo sua caracterização morfológica e molecular; realizar a caracterização molecular de linhagens de ácaros, visando à sua correta identificação e à classificação correta das famílias e gêneros a que pertencem, dando suporte à sua caracterização morfológica; descrever novos táxons (pelo menos 40 espécies); determinar pelo menos três espécies de ácaros predadores com potencial para o controle biológico de pragas e parasitos que vivem ou passam uma parte de seu ciclo biológico no solo; determinar a microbiota associada a ácaros edáficos, determinando os padrões de associação relacionados à filogenia dos ácaros, hábito alimentar, reprodução e bioma associado; concluir a preparação de catálogos, chaves eletrônicas e dicotômicas de famílias de Mesostigmata (de maneira especial os Ascidae, Blattisociidae, Melicharidae, Phytoseiidae, Laelapidae, Macrochelidae e Rhodacaroidea); consolidar o programa de treinamento internacional hoje existente, sobre a identificação de ácaros de importância agrícola. Espera-se que esse projeto contribua com a condução de futuros estudos dos Mesostigmata, em relação à sua taxonomia (morfológica e molecular) e uso como agentes de controle biológico de pragas e parasitos.
Expected Products a) Determinação dos grupos de ácaros Mesostigmata encontrados em áreas naturais e cultivadas de cada ecossistema (incluindo a caracterização morfológica e molecular), com ênfase em Ascidae, Blattisociidae, Digamasellidae, Laelapidae, Macrochelidae, Melicharidae, Ologamasidae, Parasitidae, Phytoseiidae, Rhodacaridae e Veigaiidae; b) Caracterizar fragmentos de genes que sejam uteis para identificação molecular das espécies de ácaros, caracterização de linhagens e auxiliar na classificação de famílias e gêneros de difícil caracterização morfológica; c) Descrição de táxons novos encontrados (pelo menos 40 espécies); d) Determinação de pelo menos três espécies de ácaros predadores com potencial para o controle biológico de pragas e parasitos que ocorrem ou passam uma parte de seu ciclo no solo; e) Determinação da microbiota associada a ácaros edáficos e de padrões de associação ligados à filogenia dos ácaros, hábito alimentar e bioma associado, utilizando-se de pelo menos 64 espécies de ácaros obtidas nos diferentes biomas; f) Determinação da associação de Wolbachia, Cardinium e Spiroplasma a populações naturais de ácaros edáficos obtidos nos diferentes biomas (pelo menos 50 populações) e caracterização de linhagens de Wolbachia e Cardinium associadas a pelo menos 20 populações/espécies; g) Avaliação do efeito de bactérias manipuladoras da determinação sexual na aptidão biológica de ácaros selecionados para determinação do seu potencial biótico como agente de controle biológico aplicado (pelo menos 2 populações/espécies); h) Finalização dos catálogos das famílias Digamasellidae, Laelapidae, Macrochelidae, Parholaspididae, Podocinidae e Veigaiidae; i) Finalização das chaves eletrônicas e dicotômicas para a identificação de espécies ou grupo de espécies de Ascidae, Blattisociidae, Digamasellidae, Melicharidae, Ologamasidae, Phytoseiidae e Rhodacaridae; j) Disponibilização na Internet de bases de dados sobre a distribuição mundial de espécies de Digamasellidae, Laelapidae, Macrochelidae, Ologamasidae e Rhodacaridae; l) Consolidação do programa de treinamento internacional sobre a identificação de ácaros Mesostigmata; m) Consolidação de um programa de treinamento internacional sobre a identificação de ácaros fitófagos.
Keywords Acari, controle biológico, Taxonomia
Occurrences 1
Project List