Project Details


Name Limites geográficos e fatores causais de endemismo na Floresta Atlântica em Diptera   FAPESP Project
Website _
Validity Date 12/2004 - 12/2007
Team coordenador: Prof.Dr. Dalton de Souza Amorim Prof.Dr. Nelson Papavero Dra Vera Cristina Silva Dr. Carlos Einicker Lamas, MSc Guilherme Cunha Ribeiro, MSc Charles Morphy dos Santos, Rafaela Lopes Falaschi, Maria Isabel Protti A. Balbi.
Participating Institutions USP - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto, Museu de Zoologia Universidade Estadual Paulista (Assis)
Biome Floresta Atlântica
Abstract O conhecimento sobre a diversidade biológica não corresponde apenas a uma lista de nomes de espécies. A diversidade biológica está distribuída de modo heterogêneo no espaço. Apesar da ênfase crescente dada à biodiversidade, no entanto, ainda se conhece muito pouco sobre os padrões de distribuição geográfica das espécies e as causas desses padrões. Em outras palavras, ainda não é possível estabelecer mapas de distribuição das espécies brasileiras da maioria dos grupos --nem mesmos nas áreas mais bem estudadas. Tampouco é possível determinar quais eventos na história do continente resultaram nessa distribuição. Essas deficiências têm implicações para políticas de conservação e para a compreensão de processos evolutivos básicos. As ações de conservação são em grande parte fundamentadas no conhecimento da distribuição geográfica das espécies. A compreensão da velocidade da evolução depende fundamentalmente de uma associação correta entre os limites geográficos entre as espécies e a idade dos eventos que causam os processos de cladogênese. Na literatura, há teorias biológicas e biogeográficas conflitantes a esse respeito. Este projeto pretende utilizar material biológico coletado de forma padronizada ao longo da Floresta Atlântica, com ênfase para o Estado de São Paulo, para delimitar as áreas de endemismo de grupos de Diptera e aplicar os métodos de análise filogenética e biogeográfica para estudar congruência entre padrões. Os padrões congruentes com a história geológica da América do Sul indicam grupos associados à origem do continente na Gondwana, de modo que sua diversidade teria sido gerada em um processo nos últimos 80.000.000 de anos. Os grupos discordantes do padrão biogeográfico geral e da história geológica da América do Sul devem ter se originado por dispersão, especialmente a partir da região Neártica. O material de Diptera de diferentes famílias estudado no projeto permitirá uma documentação --por digitalização de imagens-- de ampla escala, a ser disponibilizada em uma HomePage que incluirá chaves ilustradas de identificação, catálogo das espécies Neotropicais, informação sobre biologia e mapas de distribuição. Esse é um mecanismo eficaz de disponibilizar informação técnica para públicos com diferentes níveis de interesse em Diptera ou em conservação.
Expected Products Geographic limits and causal agents of Diptera endemism in the Atlantic Forest. Summary. Knowledge on biodiversity does not correspond merely to a list of names. Biological diversity is heterogeneously distributed in space. Even though attention given to biodiversity has grown in the last decades, quite few is actually known about the geographic patterns of distribution of species and the causes of these patterns. In other words, it is still not possible to map the distribution of Brazilian species of most groups –not even in the most well studied areas. Neither is it possible to determine the sequence of events in the history of the continent that have determined these patterns of distribution. This deficiency in knowledge has implications for the conservation policy and for the understanding of basic evolutionary processes. Conservation decisions greatly depend on the precise knowledge of the geographic distribution of species. The understanding of the evolution rate deeply depends of a correct association between geographic limits of species and the age of the events causing these cladogenetic processes. In the literature, biological and biogeographic theories strongly clash on this respect. This project intends to use biological material collected with standardized methods along the Atlantic Forest, with emphasis on the State of São Paulo, to delimit areas of endemism of Diptera groups and to apply phylogenetic and biogeographic methods of analysis to study congruence among these patterns. Biogeographic patterns congruent with the geological history of South America point to groups associated to the geological origin of the continent in the Gondwanaland, in a way that the diversity of these groups would have slowly originated along the last 80,000,000 years. Patterns that disagree from the general biogeographical pattern and of South America geological history probably originated in the region due to dispersion, specially from the Nearctic Region. The study of a rich assemblage of Diptera specimens along the project allows the construction of a HomePage with photographs, identification keys, catalogs of Neotropical species, and information on biology and distribution maps. This is a efficient mechanism of making technical information available for a public with different levels of interest on Diptera or on conservation.
Keywords biodiversidade, Biogeografia, Diptera, Filogenia, Neotropical
Occurrences 0
Project List