Detalhes do Projeto


Nome Diversidade de Anfíbios Anuros do Estado de São Paulo   Projeto FAPESP
Website http://ns.rc.unesp.br/ib/zoologia/anuros/
Data de Vigência 01/05/2003 - 30/04/2007
Equipe Coordenador - Célio Fernando Baptista Haddad - haddad@ms.rc.unesp.br Departamento de Zoologia, I.B., UNESP, Rio Claro Dr. José Perez Pombal Junior – Museu nacional do Rio de Janeiro, RJ Dr. Rogério Pereira Bastos – Universidade Federal de Goiás, GO Dr. Luciano Mendes Castanho – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Sorocaba, SP Dr. Itamar Alves Martins – Universidade de Taubaté, SP Dra. Denise Cerqueira Rossa-Feres – UNESP de Rio Preto, SP Dr. Flávio Aparecido Baldissera Junior – São Paulo, SP Dra. Luciana Bolsoni Lourenço – UNICAMP, Campinas, SP (deverá realizar pós-doutorado na UNESP de Rio Claro) Prof. Paulo Christiano de Anchietta Garcia – UNESP de Rio Claro, SP (aluno de doutorado do curso de pós-graduação em Zoologia da UNESP de Rio Claro) Profa. Marília Teresinha Hartmann – UNESP de Rio Claro, SP (aluna de doutorado do curso de pós-graduação em Zoologia da UNESP de Rio Claro) Profa. Cynthia Peralta de Almeida Prado – UNESP de Rio Claro, SP (aluna de doutorado do curso de pós-graduação em Zoologia da UNESP de Rio Claro) Prof. Paulo Hartmann - UNESP de Rio Claro, SP (aluno de doutorado do curso de pós-graduação em Zoologia da UNESP de Rio Claro). No projeto, participarão ainda alunos de mestrado (Luis Olimpio e Luciana Lugli) e graduandos (Renato B. Salaroli, Mariana Machado e Juliana Z. Pereira Ramos).
Instituições Participantes _
Bioma _
Resumo Os objetivos deste projeto são: (1) Levantamento extensivo das diferentes espécies de anfíbios anuros que ocorrem no Estado de São Paulo; (2) coleta de exemplares das diferentes espécies representadas no Estado de São Paulo, para a ampliação das coleções científicas; (3) resolução de problemas taxonômicos, como meio de se avaliar de forma mais precisa a diversidade real de espécies de anuros no Estado de São Paulo; (4) gravação das vocalizações do maior número possível de espécies para a ampliação do arquivo sonoro, que irá auxiliar na identificação das espécies e resolução de problemas taxonômicos; (5) estudo dos ciclos de vida do maior número possível de espécies; (6) determinação do status dos diferentes ecossistemas do Estado de São Paulo, quanto ao estado de conservação de sua anurofauna; (7) identificação de espécies e/ou populações isoladas ameaçadas de extinção (8) divulgação dos resultados através de revistas científicas, bem como de forma didática para público leigo. Todos os objetivos acima indicados correlacionam-se com os Objetivos, Meios e Produtos do BIOTA-FAPESP, pois o projeto possibilitará um melhor conhecimento da biodiversidade do Estado de São Paulo, resultará na divulgação do conecimento reunido sobre esta biodiversidade e possibilitará a compreensão sobre a sua importância. Com a determinação dos ecossistemas mais diversificados em termos de anurofauna e de posse de informações sobre o ciclo de vida das espécies, poderemos compreender melhor os processos relacionados à geração e manutenção da biodiversidade de anuros, bem como verificar impactos sobre a biodiversidade. As informações resultantes do projeto permitirão que tanto o poder público como as instituiçães de pesquisa possam monitorar, gerenciar e mesmo utilizar-se da biodiversidade de São Paulo para as mais diversas finalidades. Como resultado natural deste projeto, serão identificadas as áreas e as espécies que necessitam de proteção, pois com os dados obtidos poderemos estimar a perda em biodiversidade de anuros tanto em termos temporais como espaciais. Para tanto, desenvolveremos uma metodologia para avaliar o impacto ambiental na composição de comunidades de anuros. Como desdobramento, será possível embasar cientificamente as tomadas de decisões sobre qualquer projeto de desenvolvimento, especialmente aqueles que se baseiem em propostas de sustentabilidade. Também será possível se ter algum embasamento na estimativa do valor da biodiversidade dos anuros, principalmente quando relacionado à conservação de recursos hídricos. A coleção e o depósito de espécimes em coleções científicas corresponde ao segundo objetivo do projeto e portanto também atende aos objetivos do BIOTA-FAPESP. Pretendemos investir na consolidação das coleções de adultos, larvas e ovos, bem como dos arquivos de gravações e diapositivos. A informatização de todo o acervo será realizada até o término do projeto. Realizaremos palestras, entrevistas e exposições para divulgar aspectos da biodiversidade, conservação e importância ecológica dos sapos, rãs e pererecas. Iremos avaliar a possibilidade de produzir um CD com cantos de anfíbios anuros. Os dados cientificamente relevantes, levantados ao longo do projeto, serão publicados em revistas arbitradas, preferencialmente internacionais e de língua inglesa.
Produtos Esperados _
Palavras-Chave
Coletas 2191
Lista de Projetos